Cursos de Cabeleireiro e de Barbeiro: quais as diferenças entre as formações?

Tempo de leitura: 3 minutos

Se você está pensando em ingressar no mercado como um profissional da área da Beleza, saiba que as oportunidades são diversas. Manicure, estética, depilação, maquiagem são algumas das atividades na área. Os profissionais que cuidam dos cabelos e barba também são altamente requisitados. Mas e você sabe as principais diferenças e semelhanças entre os cursos de Cabeleireiro e de Barbeiro?

Cabeleireiro x Barbeiro 

Um dos pontos é que o tempo de duração dos cursos é diferente. O curso de Barbeiro tem 172 horas de formação. Logo, se você fizer o curso com aulas quatro vezes na semana, terá se formado em cerca de 3 meses!

Durante esse tempo, o aluno aprende a realizar o embelezamento da barba e dos cabelos masculinos. Nesse sentido, aprende a fazer procedimentos de higienização, hidratação, reconstrução, alteração da estrutura e coloração dos fios, modelagem de barba, bigode, costeletas e aparos dos pelos faciais, utilizando técnicas de visagismo (conjunto de técnicas para valorizar o rosto). 

Já o curso de Cabeleireiro trata-se de uma formação mais longa, com 400 horas. E o preparo vai além do cabelo masculino: durante o curso, o aluno aprende a realizar procedimentos de cuidados, corte, penteados e químicos nos cabelos.

A coordenadora da área da Beleza e docente do Senac Camaquã, Aline Ulguim, esclarece que ambos os cursos abrangem algumas técnicas similares como cortes masculinos, desde os tradicionais até os mais modernos, a colorimetria capilar aplicada e a organização do ambiente e os processos de trabalho. 

“A diferença então está em aprender técnicas de barba, que só o barbeiro exerce. Já o cabeleireiro abrange ainda muitas técnicas como penteados, presos, semi presos e soltos,  escovas, hidratação, nutrição e reconstrução, cortes femininos de vários estilos”, esclarece ela. 

Características indispensáveis aos profissionais da área da Beleza

Você já parou para pensar o quanto as tendências mudam a cada estação?  O quanto uma atriz de novela pode levar o público ao salão de beleza, buscando aquele determinado penteado ou até mesmo uma cor específica nos cabelos?

Por isso, como em qualquer outra profissão, não existe uma  única característica que diferencie o cabeleireiro e barbeiro. Mas conforme explica Aline, é preciso estar sempre em busca do conhecimento e das novas técnicas aplicadas na atualidade.

Da mesma forma, é fundamental entender que você está lidando com PESSOAS e expectativas de um resultado (seja em um corte, ou um penteado, ou ainda uma mudança de cor nos cabelos). Assim, ter uma boa comunicação é muito importante para o profissional compreender o que o cliente deseja, e até mesmo informar que aquele procedimento não é adequado para o tipo de cabelo, e que não vai gerar o resultado esperado. 

Como se destacar como cabeleireiro ou barbeiro

Ao mesmo tempo que o profissional precisa ter características indispensáveis, tem questões de extrema importância que diferenciam o profissional. 

1. Preste um atendimento de excelência: segundo a docente da área Aline Ulguim, o atendimento é tão importante quanto saber desenvolver as técnicas da área. Também é preciso respeitar o jeito do cliente – uns gostam de conversar durante o atendimento enquanto outros são mais tímidos, e o profissional precisa compreender essas nuances de comportamento, interagindo da forma mais adequada a cada situação. 

2. Valorize a imagem pessoal: o profissional da Beleza vende, sobretudo, bem-estar e estética. Por isso é muito importante cuidar da imagem pessoal –  ter cuidado com cabelos e unhas transmite credibilidade.

3. Faça marketing pessoal: você já pensou em postar os seus trabalhos nas redes sociais? Poste, faça propaganda de si mesmo! Faça boas fotos dos seus trabalhos  – seja um penteado, coloração, corte – e divulgue. 

Peça para os seus clientes que amam o seu trabalho comentarem nas postagens, compartilhe comentários positivos deles (e não esqueça: sempre peça autorização para utilizar a imagem deles). Neste post, falamos um pouco mais sobre o conceito de Marketing Pessoal

Cabeleireiro e barbeiro: unidades curriculares

Então, que tal começar a formação agora mesmo? Veja a composição das unidades curriculares de cada um: 

Unidades curriculares Curso de Cabeleireiro

1: Organizar o ambiente e os processos de trabalho do cabeleireiro – 48 horas

2: Higienizar e modelar os cabelos – 72 horas

3: Hidratar e reconstruir os fios de cabelo – 60 horas

4: Cortar cabelos – 96 horas

5: Alterar a estrutura e a coloração dos fios de cabelo – 84 horas

Carga horária total: 400 horas

Unidades curriculares Curso de Barbeiro

1: Organizar o ambiente de trabalho do cabeleireiro/barbeiro

2: Cortar e modelar barba e cabelo

3: Realizar tratamento capilar, coloração, descoloração e alteração da estrutura da barba e dos cabelos

Carga horária total: 172 horas

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!