Curso técnico ou curso livre: você sabe a diferença entre eles?

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você está em busca de uma capacitação para o mercado de trabalho pode se deparar com uma dúvida comum: afinal, devo fazer um curso técnico ou livre? Quais as diferenças entre eles? É o que veremos a seguir.

Formação Inicial e Continuada (FIC) ou Cursos Livres

Dentro da Formação Inicial e Continuada (cursos livres) encontramos os seguintes tipos de cursos:

(1) Aprendizagem Profissional de Qualificação (Jovem Aprendiz)

São os famosos cursos do Programa Jovem Aprendiz, voltados para jovens com idade de 14 a 24 anos (incompletos) e para pessoas de qualquer idade com algum tipo de deficiência. Nos cursos de Aprendizagem, a empresa contrata o Jovem Aprendiz e o inscreve no Senac. Com carga horária mínima de 800 horas, o programa contempla um conjunto de ocupações, propiciando aos aprendizes competências voltadas à profissionalização e cidadania.

Como participar: os interessados em participar devem procurar empresas com vagas específicas para jovens aprendizes. Há uma lei no Brasil chamada de Lei da Aprendizagem e, de acordo com ela, todas as empresas de médio e grande porte devem contratar um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários. Por isso, as empresas respondem pelo processo seletivo do estudante.

Além da jornada de trabalho de 4 horas diárias, o Jovem Aprendiz receberá uma formação realizada por programas de aprendizagem. Ou seja, além de ter carteira assinada, com direitos trabalhistas e remuneração, o estudante conclui programa capacitado para exercer funções profissionais.

(2) Cursos de qualificação profissional

São os cursos voltados às pessoas com idade a partir de 16 anos, que buscam desenvolver competências profissionais necessárias ao exercício de ocupações definidas no mercado de trabalho.

Há inúmeros cursos de qualificação profissional do Senac com amplo reconhecimento no mundo do trabalho. A exemplo temos os cursos de Cabeleireiro, Barbeiro, Cuidador de Idosos, Massagista, Cozinheiro e Confeiteiro. NÃO são cursos técnicos, mas, com carga horária mínima de 160 horas, preparam o aluno para o exercício de uma ocupação profissional.

(3) Cursos de Aperfeiçoamento

Sabe aquele programa ou técnica que você precisa conhecer ou dominar? Esse conhecimento pode ser adquirido por meio de um curso de aperfeiçoamento. Cursos de Excel, Informática Básica e de programas como Photoshop, Técnicas de Vendas são alguns exemplos de formação para aperfeiçoamento.

Com carga horária mínima de 15 horas, são cursos voltados a pessoas com idade a partir de 16 anos, que desejam aprimorar sua atuação profissional e têm como objetivo complementar, atualizar ou aprofundar os saberes científicos, tecnológicos e as competências profissionais.

Educação Profissional Técnica de Nível Médio

A formação de Educação Profissional Técnica de Nível Médio é voltada especificamente para o exercício de profissões técnicas de Nível Médio. É importante compreender que os cursos Técnicos são cursos reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação) e seguem exigências mínimas estabelecidas pelo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

Ou seja, o MEC orienta o que se deve utilizar como base para diferenciar os cursos técnicos dos cursos de formação inicial continuada. Assim, o curso técnico pode ser cursado ainda quando se está no ensino médio ou depois que este esteja concluído e seu tempo de duração pode ser de até 2 anos.

Dentro da formação de Educação Profissional Técnica de Nível Médio, encontramos os seguintes tipos de cursos:

(1) Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio

São os chamados “cursos técnicos” que desenvolvem as competências profissionais necessárias ao exercício de uma profissão técnica de nível médio. São destinados a pessoas que tenham concluído o Ensino Fundamental, estejam cursando ou tenham concluído o Ensino Médio e têm carga horária mínima de 800 horas.

O Senac-RS atualmente oferece diversos cursos técnicos presenciais e a distância

Ambiente

Técnico em Meio Ambiente (presencial e EAD)

Gestão

Técnico em Comércio Exterior (presencial Senac Uruguaiana)

Técnico em Transações Imobiliárias (presencial e EAD)

Técnico em Administração (presencial e EAD)

Técnico em Contabilidade (EAD)

Técnico em Finanças (presencial)

Técnico em Logística (presencial e EAD)

Técnico em Marketing (presencial)

Técnico em Qualidade (presencial e EAD)

Técnico em Recursos Humanos (presencial e EAD)

Técnico em Secretariado (EAD)

Tecnologia

Técnico em Programação de Jogos Digitais (presencial)

Técnico em Desenvolvimento de Sistemas (presencial e EAD)

Técnico em Informática (presencial)

Técnico em Informática para a Internet (presencial e EAD)

Moda

Técnico em Modelagem do Vestuário (presencial)

Saúde

Técnico em Enfermagem (presencial)

Técnico em Óptica (presencial)

Técnico em Podologia (presencial)

Técnico em Radiologia (presencial)

Segurança

Técnico em Segurança do Trabalho (presencial e EAD)

Turismo

Técnico em Guia do Turismo (EAD)

(2) Especialização Técnica de Nível Médio

Você sabia que há cursos de especialização para pessoas já formadas nos cursos técnicos? Esse tipo de formação tem foco no atendimento às demandas específicas do mundo do trabalho e pode ser cursado a partir dos 16 anos.  

Especialização Técnica em Segurança do Trabalho em Meio Ambiente (EAD)

Saúde (presencial)

Especialização Profissional Técnica de Enfermagem em Instrumentação Cirúrgica

Especialização Profissional Técnica de Enfermagem em Serviços de Urgência e Emergência

Especialização Profissional Técnica em Enfermagem do Trabalho

Especialização Profissional Técnica em Mamografia

Especialização Profissional Técnica em Medicina Nuclear

Especialização Técnica de Enfermagem em Saúde da Família

Especialização Técnica de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva

Especialização Técnica em Instrumentação Cirúrgica

Especialização Técnica em Radioterapia

Segurança

Especialização Técnica de Meio Ambiente em Segurança do Trabalho

(3) Habilitação Profissional Técnica integrada ao Ensino Médio

Neste caso o aluno conclui o Ensino Médio já com uma profissão devidamente habilitada e certificada. É o caso do

O ensino integrado faz com que a base curricular do Ensino Médio seja mesclada com a prática do ensino técnico. É o caso do Ensino Médio Senac integrado ao curso Técnico em Informática para Internet, que faz com que a base curricular do Ensino Médio seja mesclada com a prática do ensino técnico.

Cursos técnicos e livres dependem de autorização do MEC?

Conforme nos orienta a Lei nº. 9394/96 e o Decreto nº. 5.154/04, os cursos livres são considerados uma modalidade de ensino legal com validade em todo o território nacional.

os cursos livres são considerados uma modalidade de ensino legal com validade em todo o território nacional.

Quanto aos cursos técnicos, o MEC é o órgão que prevê normas e regulamentação de funcionamento em todos os país.

Os cursos técnicos têm maior carga horária do que os profissionalizantes?

Os cursos técnicos têm duração maior que os cursos de formação inicial e continuada, sendo eles estabelecidos pelo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

E agora que você já sabe a diferença, que tal buscar uma qualificação adequada a sua necessidade?

O Senac-RS mantém um portfólio com mais de 600 cursos nas áreas de ambiente, artes, beleza, comércio, comunicação, design, educação, gastronomia, gestão, idiomas, informática, moda, saúde, segurança, trânsito, turismo e zeladoria.

Veja também:

Veja uma lista de cursos diferentes oferecidos no Senac

Técnico em Enfermagem: curso, mercado de trabalho e áreas de atuação

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.