Descubra como comprar com segurança na internet em tempos de quarentena

Tempo de leitura: 3 minutos

Com as lojas físicas fechadas devido ao coronavírus, o comércio on-line viu seus números explodirem neste mês de março. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), algumas lojas virtuais chegaram a registrar um aumento de mais de 180% em transações nas categorias Alimentos e Bebidas e Beleza e Saúde.

Esse fenômeno é totalmente compreensível uma vez que comprar pela internet tornou-se uma das únicas opções para muitos dos consumidores. Por isso o coordenador do curso Técnico em Informática do Senac Cachoeira do Sul, Daniel Bittencourt Garcia, listou algumas dicas de como comprar com mais segurança pela internet. Confira:

– Busque por sites confiáveis. Foque em tempo de mercado, indicações de compradores e experiências de amigos que já compraram no site;

– Não esqueça de conferir se o site apresenta informações como CNPJ, contatos de atendimento ao consumidor e telefone disponíveis;

Procure, em sites de queixas, se há muitas reclamações contra a loja, por conseguinte, se sua reputação é positiva ou não;

Desconfie de preços baixos demais, a não ser que seja uma promoção dentro de um site reconhecidamente confiável. Jamais acredite nas super ofertas das postagens no Facebook;

Desconfie de sites muito baratos.

Jamais revele a senha do seu cartão ou de sua conta no site para alguém;

Não faça compras em computadores de lan houses ou de outros lugares públicos. Você pode ser vítima de programas que salvam e copiam seus dados;

– Confira se as lojas possuem endereço iniciado por https:// e o símbolo de um cadeado em uma das extremidades. Isso garante a segurança dos seus dados durante a compra;

– Evite compras por boleto ou depósitos bancários. Principalmente, não deposite em nome de pessoas físicas;

Golpes mais comuns na internet

Além de toda importância de seguirmos todas essas dicas, é importante que o comprador digital reconheça os golpes que acontecem com frequência no momento da compra on-line, sendo eles:

 1) Phishing em redes sociais

Cuidados com links patrocinados ou perfis que solicitam informações de cartões de crédito. Na fraude chamada Phishing, você pensa que está enviando os seus dados bancários para uma empresa, enquanto que na realidade eles estão sendo enviados para o criador do golpe. Uma boa dica é sempre desconfiar de preços muito baratos e ofertas milagrosas.

Phishing - segurança na internet.

2) Phishing ou SMShing

Esse golpe é geralmente aplicado com o envio de e-mail ou de SMS se passando por mensagens de empresas, inclusive utilizando o layout e a marca oficiais, pedindo informações bancárias que são direcionadas para sites falsos, ou induzindo pagamentos indevidos. Uma dica é que normalmente esse tipo de mensagem vem com algum pedido de atualização de cadastro que não deve ser feita.

 3) WhatsApp

Muito cuidado com os falsos usuários de WhatsApp que se passam por funcionários de empresas, gerentes de bancos, etc, pedindo informações. Elas podem ser utilizadas para compras on-line em seu nome. Jamais passe seus dados.

Por isso, o docente do Senac Cachoeira ainda reforça: “Desconfie de promoções milagrosas, evite clicar em um link de uma mensagem ou e-mail. Prefira sempre digitar o link direto no navegador, desconfie de qualquer pedido de atualização de dados. Além disso, modifique sua senha de acesso a sites de compras regularmente e baixe somente aplicativos de lojas oficiais. Com esses cuidados, tornamos a nossa compra on-line muito mais agradável e segura”, conclui. 

Quer aprender mais sobre segurança na internet?

O Senac EAD está ofertando gratuitamente o curso Cybersecurity Essentials – Proteja a sua privacidade, durante o período de quarentena. Clique aqui e acesse.

Outras dicas para o período de quarentena:

Dicas para aprender inglês em casa durante a quarentena

Quarentena e home office: dicas para um trabalho em casa mais produtivo


Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.