Como usar o LinkedIn para procurar emprego?

Tempo de leitura: 5 minutos

No Linkedin, muitas pessoas compartilham as suas experiências, conquistas e também publicam conteúdos educativos, ganhando, assim, visibilidade perante outras instituições e chamando a atenção de recrutadores. Mas você sabe como usar o LinkedIn para procurar emprego?

Em tempos de desemprego e de incertezas, melhorar aspectos de empregabilidade e marketing pessoal tornou-se uma preocupação para os profissionais, pois assim podem chamar mais a atenção dos recrutadores e/ou superiores.

Com a chegada de uma rede social profissional, onde o tema principal é o mercado de trabalho, a empregabilidade e os profissionais; saber se “vender” tornou-se um ponto chave. 

Você já pensou no quanto o Linkedin pode lhe ajudar a conseguir um emprego?

O LinkedIn

O Linkedin foi criado em 2003 por cinco amigos enquanto estavam sentados na sala de estar de casa, até que tiveram a ideia de criar uma rede social profissional. Atualmente, o Linkedin ostenta o título de maior rede social profissional do mundo com aproximadamente 550 milhões de usuários em 200 países. A plataforma tornou-se tão importante que, hoje em dia, algumas seleções são feitas exclusivamente pela rede social. De acordo com a própria empresa, a missão é conectar profissionais do mundo inteiro, focando no crescimento de suas carreiras.

Para a coordenadora do curso de administração da Faculdade Senac e fã de carteirinha do Linkedin, ele serve, principalmente, para as pessoas se auto divulgarem, mostrarem suas experiências profissionais, competências, habilidades e conquistas, tornando-se, assim, mais conhecidas, produtivas e bem-sucedidas.

A partir de toda a interação gerada dentro da rede social, você pode expandir muito o seu networking. Portanto, planeje e realize postagens semanais, curta conteúdos que achar interessante, comente em posts de outros profissionais. Lembre-se, quem não é visto não é lembrado e o Linkedin foi feito para que você possa se divulgar.

O Linkedin como ferramenta para procurar emprego

Muito tem se falado sobre o quanto o marketing pessoal pode ajudar na conquista de uma vaga

Mas aí você se questiona: afinal, o que é marketing pessoal? Calma que nós vamos lhe explicar! 

“O marketing pessoal são técnicas e ferramentas para se promover no mercado de trabalho, ou seja, tornar o seu nome mais conhecido em sua área de atuação, criar e manter uma boa imagem e reputação. Realizar essas atividades de forma estratégica chama-se marketing pessoal e pode trazer destaque a você enquanto profissional, contribuindo para que atinja os seus objetivos de carreira” esclarece a coordenadora, Valesca Reichelt.

Dentro da sua estratégia de marketing pessoal, é fundamental que o Linkedin esteja inserido, justamente por ser uma ferramenta tão importante no processo de divulgação de você mesmo enquanto profissional.

“Utilizando a rede social, as pessoas podem divulgar suas atribuições, qualificações, histórico profissional e outras informações que considerarem relevantes para se destacar no mercado de trabalho”, sugere Valesca.

Dentro do Linkedin, também é possível receber avaliações de pessoas que já trabalharam com você. Falando sobre o seu perfil profissional, sobre suas competências, postura, trabalho em equipe, etc.

Portanto, esta torna-se uma oportunidade de validar o que você publica através da fala do outro.

Saiba como se destacar no Linkedin

Agora que você já conhece melhor o Linkedin, sabe suas características e importância no mercado de trabalho, a coordenadora Valesca trouxe 7 dicas para você destacar o seu perfil no LinkedIn. Confira:

Mantenha o seu perfil completo e atualizado

Sempre preencha o seu perfil de maneira completa e detalhada.

Não economize informações, acrescente todas as certificações, cursos, experiências profissionais e detalhes que possam agregar valor. Um perfil considerado suficientemente completo receberá a designação de “perfil campeão” pelo próprio Linkedin.

Cuidado com a foto de perfil

É preciso ser criterioso na escolha da fotografia utilizada no perfil. O ideal é utilizar fotos recentes, que transmitem atitude profissional, ou seja, evitar fotografias antigas, que não mostrem bem o rosto ou que tenham sido tiradas em um contexto fora do empresarial. 

Nesse sentido, a foto escolhida deve seguir critérios de escolha mais “sérios”. Não tenha como base outras redes sociais (como Instagram e Facebook, por exemplo).

Atenção com a foto de capa

Assim como a foto de perfil, preocupe-se também em utilizar uma boa imagem de fundo, que transmita temas do interesse do profissional. Por exemplo, se a pessoa estiver ligada ao mercado de tecnologia, pode utilizar imagens relacionadas à inovação.

A introdução é muito importante

Ao preencher a Introdução, o profissional deve colocar as suas principais áreas de interesse ou de atuação, separadas por barras do tipo “|”. 

Exemplo: Finanças | Contabilidade | Controladoria| Custos

Preencher este título corretamente e de forma completa facilita que recrutadores ou empresas entendam rapidamente suas experiências e seus objetivos.

Participe e interaja dentro do Linkedin

Seja ativo no Linkedin, ou seja, siga empresas e pessoas relacionadas com as áreas do seu interesse profissional, realize publicações relevantes frequentemente (recomenda-se pelo menos uma por semana), comente em publicações de perfis relacionados, compartilhe postagens que sejam interessantes e estejam alinhadas com as suas crenças, valores e área de atuação. 

Tais ações ajudam o algoritmo da rede social a entender melhor o perfil do profissional.

Utilize recursos visuais no seu perfil

Se você estiver disponível no mercado de trabalho, deixe isso claro utilizando a tarja “open to work”, uma faixa verde que fica junto com a foto de perfil. Assim as pessoas com quem você interagir saberão que está aberto a oportunidades de trabalho. 

Já os profissionais da área de recrutamento, ou empresas dispostas a contratar, é possível utilizar a flag #hiring – uma tarja da cor roxa que também fica junto da foto de perfil.

Crie conteúdos e fortaleça seu marketing pessoal no Linkedin

Por fim, a última dica é criar conteúdo relevante! Fazer publicações de diversos tipos, trazendo informações sobre o seu mercado e o setor de atuação, o que pode também ser feito por meio de artigos publicados no próprio Linkedin. 

Assim, o profissional poderá demonstrar o seu expertise e know-how nas suas áreas de atuação. Para obter maior engajamento nestas publicações, deve-se observar o horário da postagem: em geral, os horários mais assertivos são no meio da semana, por volta do horário de almoço (das 11h às 14h). 

“Os conteúdos podem abordar acontecimentos recentes, novidades e tendências do setor de atuação, participações em eventos importantes, como seminários, workshops e outros. 

Também pode-se publicar sobre conquistas profissionais ou acadêmicas, como certificados de conclusão de cursos“, explica a coordenadora do curso de administração da Faculdade Senac.

Como buscar uma vaga de emprego no Linkedin?

Existem duas maneiras de o Linkedin ajudar na conquista de uma vaga. São elas:

Diretamente: nessa modalidade você se candidata a uma vaga. Sendo assim, o primeiro passo ocorre todo dentro da plataforma. “Lembre-se sempre de deixar o seu perfil atrativo, atualizado e completo para que você seja chamado para uma entrevista”, pondera Valesca.

Indiretamente: outra maneira é ser encontrado dentro do Linkedin, portanto é essencial estar sempre interagindo, fazendo posts e atualizando o perfil, pois será assim que você aumentará suas chances. 

O que também pode acontecer é depois que você já está inserido em um processo seletivo, alguns recrutadores pedirem para analisar o seu perfil como uma etapa avaliativa. 

Então, sempre cuide com muito carinho da sua página e das suas publicações. “Ao analisar o perfil do Linkedin dos candidatos, a empresa espera conhecer um pouco mais sobre o profissional, encontrar pontos de destaque e diferenciação, que podem fazer com que o candidato se sobressaia em relação aos demais”, explica a professora Valesca.

Aluno da Faculdade Senac conseguiu emprego pelo Linkedin

O aluno do curso de Administração da Faculdade Senac Porto Alegre, Lucas Antunes, conseguiu! Ele se candidatou a uma vaga na Gupy através da rede social. Depois de passar pelo processo seletivo que, segundo ele, foi um pouco lento, foi selecionado para a posição. 

“Eu utilizo o Linkedin regularmente para fazer cursos disponíveis, interagir com as pessoas e sempre mantenho o perfil atualizado. Acredito que o Linkedin é uma ferramenta extremamente importante visto que é a única rede social profissional. E o mais legal é que tem espaço para todo mundo, tanto para quem está começando quanto para quem tem experiência, e essa troca é muito bacana”, esclarece o estudante.

Comece hoje mesmo a fortalecer seu perfil no Linkedin!

Depois de todas essas dicas, é hora de trabalhar a sua empregabilidade, tornar o seu perfil mais atrativo e começar a caminhar rumo a vaga de emprego que você almeja. Faça posts, comente em outras publicações e compartilhe as suas conquistas e experiências. 

Demonstre suas angústias, o mundo empresarial está sempre nos ensinando a ser, além de profissionais melhores, pessoas melhores. Não tenha vergonha de fazer textos demonstrando suas subjetividades também. 

Agora que você já está sabendo mais sobre o Linkedin, é hora de seguir as nossas dicas, se destacar e trilhar um caminho profissional ainda mais lindo.

Está em busca de qualificação para o seu currículo?

Não esqueça que o Senac-RS oferece:

_Cursos de pós-graduação

_Graduação

_Cursos técnicos

_Cursos de idiomas

_Cursos livres

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!