Lógica de Programação: porta de entrada para o universo da tecnologia

Tempo de leitura: 3 minutos

Se você tem interesse em trabalhar na área da tecnologia, aprender a lógica de programação é fundamental para compreender e, posteriormente, desenvolver programas, sites, aplicativos, etc, utilizando a linguagem de programação

Acontece que muita gente fica, literalmente, com medo de ingressar na área ao ver aquele conjunto de códigos e símbolos utilizados no desenvolvimento de sites e aplicativos.

Resultado: acaba perdendo de ingressar em uma das áreas que mais demanda profissionais no mundo: a Tecnologia da Informação

Pois saiba que você não precisa se assustar com todos aqueles códigos: eles só são parte de um conhecimento que você ainda não aprendeu, mas tem total condições de dominar. 

Ainda confuso sobre como a lógica de programação pode te ajudar? 

Pense no seguinte: em grande parte das nossas atividades, seguimos um raciocínio, uma sequência de ações visando um resultado esperado. Fazemos isso ao executar uma receita de bolo com um passo a passo, ao escrevermos um texto que segue uma estrutura de frase (sujeito, verbo e predicado), e até mesmo na prática de exercícios físicos em sequência. 

Então, a linguagem de programação também é aprendida e segue um raciocínio. Ela nada mais é do que um método padrão, formado com um conjunto de regras (como no português ou inglês), empregado pelo desenvolvedor e que visa comunicar/dar instruções a uma máquina (o computador). 

Um site por exemplo é pensado a partir de uma linguagem de programação universal, a qual faz com que ele possa ser acessado de qualquer computador da mesma forma, não é mesmo? 

E tem como aprender lógica de programação “do zero”?

É pensando nisso que o Senac dispõe do curso de Lógica de Programação. Uma formação para que o aluno possa aprender desde o princípio e imergir nesse universo do desenvolvimento. 

“O curso de Lógica de Programação é importante porque fornece as ferramentas necessárias para executar o processo mais básico no desenvolvimento de alguma aplicação: a criação de seu algoritmo, que é formado por uma sequência de passos lógicos finitos, necessários para executar uma tarefa. Melhor dizendo, é como se fosse um passo a passo para resolver um problema, com instruções simples e exatas onde dados processados se convertem em informação”, explica o docente do curso do Senac Tech, Gilmar Aires. 

Logo, esse conhecimento é mais do que fundamental para que o estudante se torne um profissional da área de Tecnologia:

“ O conhecimento assimilado no curso é a competência necessária para que o  aluno compreenda as linguagens de programações existentes no desenvolvimento de sistemas” coloca Gilmar.

Quer ver só o que se aprende na formação de lógica?

_Lógica de programação: conceitos.

_Algoritmo: tipos primitivos, constantes, variáveis, expressões aritméticas, expressões lógicas, comando de atribuição, comandos de entrada e saída, utilização de variáveis literais, operadores e expressões literais.

_Estruturas de controle: estrutura sequencial, estruturas de seleção, estruturas de repetição, encadeamento de estruturas condicionais, criação de códigos com tomada de decisão, laços infinitos, contadores, looping infinito, contadores finitos, execução de ordem crescente ou decrescente, criação e manipulação de vetores com comandos de repetição.

_Vetor e matriz: ordenação de vetores, métodos de pesquisa (binário e sequencial), conceito e manipulação de matriz, conceito de registro, gravação de informações em registro, utilização de arquivos indexados, manipulação de tabelas.

_Testes: conceito de testes de mesa, “debugadores” e sua evolução nas várias linguagens, técnicas de identificação de erros, a importância da qualidade do código programado.

_Paradigmas de programação: programação estruturada, modularização de sistemas, funções e seu retorno, utilização de procedimentos, parâmetros, conceito de programação OO.

Perfil do aluno de Lógica de Programação

Como em todo o curso e profissão, a dedicação é fundamental. Mas há características compatíveis com os profissionais de programação.

Ao longo do curso, o aluno desenvolve o raciocínio lógico. Também precisa ter a capacidade de aprender um conteúdo de forma autônoma, gostar de resolver problemas, gostar de aprender e ser paciente e persistente”, salienta o professor.

Portanto, o curso é a base, sendo muito procurado por alunos que buscam uma vaga como programador ou em áreas relacionadas à Tecnologia da Informação e Comunicação. É ideal para quem quer começar a explorar esse universo de programação, mas não sabe por onde começar.

E você: que tal se desafiar e buscar os primeiros conhecimentos no curso de Lógica de Programação

Veja também:

O que faz um especialista em data science e como ingressar nesse mercado

Curso de Informática além das redes sociais: por que buscar uma capacitação?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!